Page Nav

HIDE

Páginas

{fbt_classic_header}

ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

latest

Ads Place

Ataques russos de Putin à Mariupol (2022), são comparados aos ataques da Alemanha nazista de Hitler à Varsóvia (1944)

Presidente da Polônia compara bombardeios russos aos ataques nazistas na Segunda Guerra Andrzej Duda c...

Presidente da Polônia compara bombardeios russos aos ataques nazistas na Segunda Guerra
Andrzej Duda cita bombardeio incessante de Mariupol e diz que ele remete ao cerco da Alemanha nazista a Varsóvia em 1944

O presidente polonês Andrzej Duda comparou os ataques das forças da Rússia contra a Ucrânia às ações da Alemanha nazista contra a Polônia durante a Segunda Guerra Mundial. Durante visita à Bulgária, na terça-feira (22), ele afirmou que os bombardeios russos contra a cidade ucraniana de Mariupol remetem ao cerco a Varsóvia em 1944. As informações são da agência Associated Press.

"Meus compatriotas poloneses estão olhando hoje para Mariupol e estão dizendo: 'Deus' – eles dizem isso com lágrimas nos olhos – 'Mariupol se parece com Varsóvia em 1944, quando os nazistas, os alemães de Hitler, estavam bombardeando brutalmente casas, matando pessoas, matando civis sem nenhuma piedade'", disse Duda.

No discurso, o líder polonês fez especial referência aos ataques aéreos que têm atingido instalações que abrigam civis, sendo a cidade de Mariupol o principal alvo da fúria russa. Há relatos de bombardeios contra uma maternidade, com três civis mortos, e também contra um teatro e uma escola de arte, ambos usados como refúgio para civis.

"Hoje, o exército russo está se comportando exatamente da mesma maneira [que os nazistas]. Os líderes russos estão se comportando exatamente da mesma maneira. Como Hitler, como a SS alemã, como os pilotos alemães do exército fascista durante a Segunda Guerra Mundial", disse o líder polonês, que no final da semana receberá o presidente dos EUA, Joe Biden, em Varsóvia.

Atual presidente Andrzej Duda foi o único candidato a fazer campanha na Polônia diante de restrições para conter o coronavírus (Foto: Reprodução/Twitter)

Milhões de refugiados

De acordo com a ACNUR (Agência da ONU para Refugiados), 3,53 milhões de pessoas deixaram a Ucrânia rumo a países vizinhos para fugir da guerra, sendo a Polônia o principal destino. Desse total, mais de 2,1 milhões de ucranianos buscaram abrigo em território polonês, sendo a Romênia o segundo principal destino, com mais de 540 mil refugiados recebidos. Já a Moldávia recebeu cerca de 367 mil pessoas.

Viktoria Totsen, uma moradora de Mariupol, diz que os bombardeios russos são incessantes, o que a levou a deixar a cidade junto das duas filhas. "Durante os últimos cinco dias, os aviões nos sobrevoavam a cada cinco segundos e jogavam bombas em todos os lugares", disse ela.

Natalia Shabadash é outra ucraniana que se viu forçada a deixar o país e atualmente está abrigada na Polônia. Ela conta que uma das bombas disparadas pelos jatos militares russos explodiu a cerca de 500 metros da casa onde morava. "Foi muito assustador, por isso decidimos deixar nossa casa", afirmou ela, explicando que o marido, como muitos homens ucranianos, permaneceu no país.

A Agência da ONU lembra que há ainda 6,5 milhões de pessoas deslocadas internamente pelo conflito. São ucranianos que podem vir a deixar o país num futuro próximo, caso a guerra não termine.

FONTEAREFERENCIA.COM EDIÇÃO: REDAÇÃO GRUPO M4

UMA MARCA DO GRUPO

*CURTA A NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK, SIGA-NOS NO INSTAGRAM E TWITTER, COMPARTILHE AS NOSSAS PUBLICAÇÕES*

*Instagram* - https://www.instagram.com/tribunadobrasil/

*Facebook* - https://web.facebook.com/tribunadobrasil.BR/

*Twitter* - https://twitter.com/tribunabrasilBR

*e-Mail*: grupoM4.contato@gmail.com

#brasil #brasilia #riodejaneiro #saopaulo #ceara #bahia #minasgerais #riograndedosul #riograndedonorte #santacatarina #jornalista #andersonmiranda #noticias #grupom4 #comunicacao #producao #publicidade #tribunadobrasil #tribunadodf #alobrasilia #daquidf #eixonacional #deputadosesenadores #prefeitosevereadores #entendercondominio #folhadodf #informaconcurso #jknoticias #jornaldoentorno #maisaguasclaras #opasquimdobrasil #pautanacional  #consultarimoveis #jornalismo

Nenhum comentário

Latest Articles

Popular Posts